Barra do Bugres - MT, 20 de novembro de 2017
 
 
 
Palmeiras confirma reintegração de Felipe Melo ao elenco

Publicado em 5 de setembro de 2017 as 1:39

643297Felipe Melo está de volta ao Palmeiras. O volante foi reintegrado pela diretoria, após reunião na manhã desta segunda-feira (4) com o presidente Mauricio Galiotte na Academia de Futebol.

Em coletiva de imprensa na tarde desta segunda, o jogador tentou justificar o áudio vazado no qual ofendia o técnico Cuca. Ele afirmou que “não acha aquilo” do treinador e que os problemas foram solucionados com a comissão técnica e a diretoria.

“O que tinha que ser conversado foi conversado. Conversei com o próprio treinador expus tudo aquilo que eu pensava dele, sobretudo do áudio. Haja visto que o áudio foi uma situação depois daquilo do meu afastamento. O importante é que conversei com ele [Cuca]. Não acho dele aquilo que falei do áudio”, declarou o volante.

“Não é uma coisa que foi de coração; ele não é nada daquilo que falei. Foi tudo solucionado”, acrescentou. Felipe Melo, no entanto, não pediu desculpas públicas ao técnico.

“Pedi perdão, não ao Cuca. Não é só Cuca e Felipe Melo; tem o Palmeiras, que é maior do que tudo. Tem diretor, treinador, funcionários do clube, aqueles que fazem a nossa comida, cuidam da grama, e os jogadores”, disse.
durante a rápida entrevista.

“Foi conversado o que tinha que falar. Falei com Cuca, diretor e todos. Me acertei com quem tinha que acertar. Só é bom explicar que o que saiu no áudio, não é o que acho que seja dele”, acrescentou, voltando ao assunto.

A volta de Felipe Melo estava praticamente definida desde a semana passada, conforme mostrou o UOL Esporte. No entanto, o Palmeiras confirmou o retorno somente na manhã desta segunda-feira, depois de o volante conversar a sós com o presidente Mauricio Galiotte.

O jogador estava de folga na semana passada e viajou para o Nordeste brasileiro com a mulher, Roberta. Na quinta-feira, chegou a São Paulo sob a expectativa de retornar ao trabalho do dia a dia com elenco, já que a própria postura do clube – especialmente do técnico Cuca – mudaram.

Nos últimos dias, jogadores elogiaram e manifestaram o desejo para a volta do “Ousado”, que permaneceu um mês afastado após atritos com o treinador – Cuca também manifestara ao volante que ele dificilmente atuaria com regularidade no atual esquema adotado pela comissão técnica.

O afastamento, no entanto, gerou uma movimentação jurídica por parte dos advogados de Felipe Melo. O Palmeiras recebeu uma notificação extrajudicial para reintegrar o volante, alegando assédio moral por não apresentar as mesmas condições de trabalho do restante do elenco.

Felipe poderia ir aos tribunais para conseguir a liberação imediata e ainda receberia os R$ 7 milhões que possui de direito até o fim do vínculo com o Palmeiras. O contrato do jogador com o atual campeão nacional vai até 2019.

Mesmo com o áudio vazado, no qual Felipe Melo criticou veementemente o técnico Cuca, o Palmeiras adotou uma postura de precaução e decidiu pela volta de Felipe Melo na última semana. A conversa desta segunda-feira com o presidente serviu para protocolar o retorno do “Ousado”.

Apesar de retornar às atividades junto ao elenco e até ser convocado para a entrevista nesta segunda-feira, Felipe Melo dificilmente deve engatar uma sequência de jogos com a camisa alviverde. Nomes como Bruno Henrique e Thiago Santos, atualmente, são as principais opções da comissão técnica.

O jogador, que recebeu propostas de fora, mas preferiu permanecer no Brasil por questões familiares, busca novamente ganhar espaço sob o comando de Cuca. O próximo compromisso do Palmeiras pelo Brasileiro está marcado para sábado, dia 9, no Independência, contra o Atlético-MG.

Por: folhasp

  Oferecimento
  Redes Sociais
  Oferecimento
ARARA
Arara
  Opine
Nenhuma enquete cadastrada.
  Vídeos
     
 
 
NOTÍCIAS

POLÍCIA
DESTAQUES
POLÍTICA
ESPORTES
VARIEDADES
OPINIÃO
VÍDEOS
EXPEDIENTE

ANUNCIE
CONTATO
FRANQUIA
QUEM SOMOS
NA MIRA DA LEI

TODOS OS DIREITOS
RESERVADOS
2009 - 2014