Barra do Bugres - MT, 13 de dezembro de 2017
 
 
 
Governo lança plataforma para fiscalizar gastos públicos em Mato Grosso

Publicado em 4 de dezembro de 2017 as 9:18

Ferramenta foi lançada pela Controladoria Geral do Estado (CGE), na última sexta-feira.

6Lançada pela Controladoria Geral do Estado (CGE), a plataforma de fiscalização “Mira Cidadão” permite que a população acesse de forma facilitada e ágil informações sobre gastos públicos do Governo de Mato Grosso.

Entre as consultas disponíveis estão receitas e despesas de 2017 relacionadas aos investimentos do governo em todas as pastas, gastos com pessoal, fornecedores, informações referentes ao salário dos servidores e repasses aos poderes e órgãos autônomos.

O endereço eletrônico www.miracidadao.mt.gov.br foi desenvolvido em parceria com a Secretaria de Gestão (Seges) e Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI). A atualização é feita diariamente e oferece oito atalhos para pesquisa com linguagem de fácil compreensão. Para auxiliar a divulgação do serviço, também foram disponilizadas uma cartilha explicativa e um vídeo institucional.

“A ferramenta vai contribuir com o Estado e com os cidadãos que também devem ser controladores, assim como nós que temos esse ofício. Estamos vivendo um momento de dificuldade econômica e precisamos dialogar com o cidadão, deixando claro os nossos compromissos com o dinheiro público”, ressaltou o secretário Controlador-Geral do Estado, Ciro Gonçalves.

No caso de dúvidas, reclamações ou sugestões, a população também pode utilizar o Mira Cidadão para fazê-las, pois está interligado ao canal da Ouvidoria Geral.

“A CGE não quer ser reconhecida apenas como um órgão de auditoria, porque temos outras obrigações, outras missões institucionais. Entre elas, os canais de ouvidoria e fomento a transparência e o controle social. Na própria ferramenta, é possível dialogar e pedir informações mais analíticas e formular a denúncia”, explicou o secretário.

Também acompanharam o treinamento o presidente do Observatório Social do Brasil (OBS), Ney da Nóbrega Ribas, e a diretora de operações da Transparência Brasil, Juliana Sakai.

“Transparência não é só publicar uma planilha, é garantir que a informação chegue até o cidadão. Vejo esta iniciativa do Governo do Estado de forma muito positiva, porque é justamente uma tentativa de efetivamente de fazer com que o acesso à informação seja garantido e que o cidadão consiga entender mais a respeito da gestão, da administração pública do seu Estado”, pontuou Juliana Sakai.

Fonte: Mídia News

  Oferecimento
  Redes Sociais
  Oferecimento
ARARA
Arara
  Opine
Nenhuma enquete cadastrada.
  Vídeos
     
 
 
NOTÍCIAS

POLÍCIA
DESTAQUES
POLÍTICA
ESPORTES
VARIEDADES
OPINIÃO
VÍDEOS
EXPEDIENTE

ANUNCIE
CONTATO
FRANQUIA
QUEM SOMOS
NA MIRA DA LEI

TODOS OS DIREITOS
RESERVADOS
2009 - 2014